Quem Somos

Somos o primeiro grupo nerd voltado para as pessoas com deficiência. Antes, foram criados outros de diversas minorias sociais, tais como pessoas negras, mulheres e LGBT+s. Mas Ana Fernandes, em 2019, cansada não ver nenhum grupo, nenhuma perfil do Twitter ou similares relacionados à militância das pessoas com deficiência dentro do mundo nerd, criou o Nerd PCD. Logo depois, outras pessoas se juntaram à iniciativa.

O espaço tem a missão de valorizar a representatividade das pessoas com deficiência, além de discutir sobre a causa dentro do meio nerd. queremos empoderar e dar voz às pessoas com deficiência.

Estamos presente em todas as redes sociais, além de nossa atuação offline. Fazemos palestras, workshops, debates e tudo mais, sempre falando sobre educação, sociolgia, psicologia, tecnologia e tudo mais que abrange a chamada “Cultura Nerd”. Também trabalhamos com campanhas e agentes sociais, sempre misturando Cultura Pop com a inclusão de minorias sociais. Também trabalhamos com consultoria, curadoria de conteúdos, planejamento e criação estratégica para campanhas sociais e publicitárias para um público alvo específico, sempre com transparência e ética. Vale lembrar que o nosso trabalho não é um “ativismo para aparecer”.

Aqui no site, o propósito é fazer reflexões sobre a causa das pessoas com deficiência no mundo nerd, além de eventuais denúncias ou comemorações.

Vale lembrar que o nosso ativismo pela causa das pessoas com deficiência é negro, periférico, feminista, LGBT+, anti-gordofobia, sendo contrário a qualquer tipo de preconceito a qualquer minoria social. Isso porque reconhecemos que existem pessoas com deficiência pertencentes a outras minorias sociais e que seus envolvimentos com os preconceitos são totalmente diferentes das chamadas “pessoas com deficiência padrão”.

OS NERDS PCDS

Rodrigo Tramonte é cartunista e caricaturista, formado em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Teve diversos trabalhos selecionados para festivais, como o Salão Universitário de Humor de Piracicaba de 2003 e o Anima Mundi Web de 2007 e 2008. Depois de passar por algumas agências de publicidade e empresas de material didático de Florianópolis, decidiu dedicar-se à carreira de freelancer.
Aos 30 anos, Rodrigo descobriu ser uma pessoa com Síndrome de Asperger, um tipo de autismo de grau mais leve, e passou a colaborar com ONGs pró-autismo e a fazer palestras de conscientização sobre o tema, nas quais fala sobre como utilizou o seu talento artístico para superar as suas dificuldades. Já recebeu homenagens nas Câmaras de Vereadores de Florianópolis e São José, pelos seus trabalhos realizados em prol dos autistas. Você pode acompanhá-lo através do Facebook e do Instagram.

Olá, povo! Sou Ana Fernandes. Sou feminista LGBT e militante da causa PCD (Pessoas com Deficiência)! Já escrevi também no blog “Prosa Livre” e atualmente escrevo também para o “Gay Nerd Brasil”. Sou jornalista e nerd fã n° 1 de super-heróis, de Boku no Hero Academia e de Alison Bechdel! Militar e Cultura Pop é comigo mesmo. Sigam-me no Facebook.

%d bloggers like this: